Sobre

Cerverbaria

(de cerveja + verbo + aria)

S.F. Termo criado para definir local onde as pessoas fazem o que mais gostam na vida: conversam sobre cerveja e degustam literatura. E vice-versa.

A definição do neologismo é autoexplicativa. A Cerverbaria nasce de um encontro sinestésico: o verbo, a palavra escrita, a literatura + o malte da cevada, o lúpulo, a levedura que fermenta a mistura.

A combinação é milenar. A cerveja, o primeiro alimento do corpo; a literatura, que inaugura os esboços da alma humana. A Cerverbaria une ambos. As garrafas trazem nos rótulos textos de estilos variados, acompanhados de um projeto gráfico de excelência.

Ainda assim, apesar do cuidado com a composição do produto e a escolha do conteúdo literário, nossa cerveja não é mais cara. Oferecemos aos amantes da literatura e das mesas de bar um produto com preço justo. Democratizar a literatura e a cerveja artesanal é um dos objetivos deste projeto.

Literatura e Cerveja

 

A literatura e a brassagem de nossas cervejas têm muitos pontos em comum. Ambas dependem do esmero de quem dá à luz a obra: da lapidação incessante da escritora, debruçada sobre a página em branco, na busca da palavra justa, ou do mestre cervejeiro, na “cozinha”, em busca da combinação ótima do malte, do lúpulo e da levedura. É pela artesania e pelo desejo de oferecer um produto de qualidade e democrático que produzimos nossas cervejas.

As três primeiras cervejas da Cerverbaria cobrem parte da paleta cervejeira. Uma lager, encorpada, amarga na medida certa; uma IPA, acobreada, herbácea e espumosa; uma weiss, com malte de trigo e refrescante.

 

Cerverbaria

no Instagram

Siga a Cerverbaria no Facebook.

Curtir

Receba nossas novidades.

Fale com a gente.